Segunda-feira
18 de Dezembro de 2017 - 

Clipping de Noticias

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Newsletter

Contatos

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,32 3,32
EURO 3,91 3,91

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Saúde dos idosos e de pacientes oncológicos é discutida em comissão

Os deputados membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa reuniram-se na última quarta-feira (6/12) e aprovaram pareceres favoráveis a propostas relacionadas à saúde e ao bem-estar das pessoas que exigem tratamentos e cuidados especiais. O Projeto de Lei 923/2017, de autoria da deputada Marta Costa (PSD), propõe criar a campanha Idosos Órfãos de Filhos Vivos. A deputada explicou que objetiva sensibilizar os estudantes e assistentes sociais das instituições públicas e privadas para que possam difundir os cuidados junto aos idosos. Ela afirmou que os pais passam a vida inteira cuidando dos filhos e, quando chegam ao final, eles não querem ter nenhum cuidado. "Os meus pais têm 83 anos e eu cuido com muito carinho e vontade dos dois. Fico olhando para os pais idosos que são abandonados e fico muito triste, então esse projeto foi o pontapé inicial para propor a campanha", concluiu. Dados do ano de 2010, pulgados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), revelam que São Paulo está entre os Estados com maior proporção de idosos na população: 11,6% de seus habitantes têm mais de 60 anos. No país essa participação é de 10,8% e nos demais Estados é de 10,6%. A ideia da deputada é contar também com a participação de professores, alunos, pesquisadores e de pessoas interessadas em trabalhar em prol da melhoria da condição de vida dessas pessoas. O projeto seguirá para as comissões de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais e de Finanças, Orçamento e Planejamento. Estatuto do portador de câncer O Projeto de Lei 907/2017, da deputada Célia Leão (PSDB), também recebeu parecer favorável da comissão. Ele cria o Estatuto do Portador de Câncer, que pretende definir regras para que os pacientes oncológicos tenham assegurados todos os direitos das pessoas que não têm a doença. "A proposta visa à promoção de igualdade de justiça, à inclusão social e À cidadania plena e efetiva e fico muito feliz por sua aprovação", afirmou. O projeto será apreciado pelas comissões de Saúde e de Finanças, Orçamento e Planejamento. Além dos citados, estiveram presentes os parlamentares Antônio Salim Curiati (PP), Campos Machado (PTB), Carlos Cezar (PSB), Davi Zaia (PPS), Geraldo Cruz e Professor Auriel (ambos do PT), Gilmaci Santos (PRB) e Roberto Tripoli (PV).
07/12/2017 (00:00)

Contate-nos

Farah, Bittar, Ramos e De Luca - Sociedade de Advogados

Rua Viscondessa de Campinas  244
-  Nova Campinas
 -  Campinas / SP
-  CEP: 13092-135
+55 (19) 3252.2765
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  552892
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.